A coluna do vosso bebé forma-se a partir de uma estrutura embrionária muito importante que é o tubo neural.

Esta estrutura é uma das primeiras a desenvolver-se in-útero e para que se desenvolva bem a mãe deve ter reservas de diversos nutrientes, nomeadamente ácido fólico, que vai construindo ainda antes da gravidez.

 

Que alterações podem ocorrer durante a formação desta estrutura? 

Caso o desenvolvimento do tubo neural não seja assim tão linear, pode originar alterações na coluna do bebé.

Algumas dessas alterações são visíveis à nascença, na zona lombar/sacro como se fosse um “furinho” na zona lombar e podem apresentar também lesões cutâneas escuras na pele com pêlos, conhecido como “tufo piloso” ou hipertricose.

 Na maioria das vezes, o “furinho”na pele, que tem a denominação médica de “dimple” e não se comunica com o canal medular e por isso não exige nenhum cuidado especial.

 

Quando se detecta esta alteração? 

Esta alteração é detectada logo após o nascimento, através da observação cuidada do recém-nascido pelo profissional de saúde que vai assistir ao parto. E em casos de dúvidas, pedem-se ecografias e outros exames para validar.

 

Atenção não confundir a fosseta com a mancha mongólica  (saiba o que é aqui) !

 

Que cuidados devo ter?
Apesar de não existir nenhum cuidado especial, podem estar associados sintomas dolorosos lombares ou deficit neurológico progressivo nos membros inferiores que devem ser avaliados pelo profissional de saúde que vos segue.

A presença destes sintomas, associado a alterações cutâneas na região lombar e sacral implica uma investigação para verificar se existem patologias do canal medular.

 

Que complicações pode originar?  
Raramente, cestas “covinhas sacrais” estão associadas a uma anomalia grave. Porém, a complicação mais comum está associada a:

Espinha bífida oculta –   ocorre quando a coluna vertebral não fechar corretamente ao redor da medula, mas o cabo permanece dentro do canal espinhal. Na maioria dos casos, espinha bífida oculta não causa sintomas.


Eu sei que foram todas ver as costas do vosso bebé 😉 Apanhadas!
Como vos disse isto é algo que deverá ser detectado nas maternidades e em caso de dúvida peçam observação médica.
Não há uma forma de prevenção, apenas apostando num estilo de vida saudável antes de engravidarem e também durante a gravidez !

 

 

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *