O corte do cordão após o parto é algo que os pais anseiam fazer assim que nasce o bebé… mas calma!!! ✂️

 

Atrasar este corte é benéfico para o bebé no futuro.

 

Relembrando:

  • O cordão umbilical era o que ligava o bebé à mãe e promovia as trocas de nutrientes + oxigénio da mãe para o feto e resíduos que o feto não precisava, para a mãe excretar.

 

  • Assim que o bebé nasce este cordão ainda pulsa e ajuda o bebé na respiração, apesar de com o primeiro choro cá fora os pulmões começarem logo a funcionar, este mecanismo ainda se mantém algum tempo até a respiração do bebé ser mais funcional.

 

  • Enquanto ainda pulsa o cordão, este transfere para o bebé muitas vitaminas (como por exemplo a vitamina K, que ainda administramos artificialmente para prevenção das hemorragias), células estaminais (sim leram bem! a placenta está carregada de células estaminais que passam nesta fase para o bebé), ferro (que vai ajudar bastante o bebé nos meses seguintes prevenindo anemias), entre outras coisas maravilhosas.

 

  • Quando o cordão parar de clampar sabemos que a transferência destas substâncias fantásticas está completa.

 

Perguntas frequentes:

  • Não há risco de sangrar? 
    – Nao há hemorragias do cordão quando este foi clampado após pulsar, ou do local da inserção da placenta.

 

  • Se o grupo de sangue for Rh negativo?
    – Alguns profissionais podem adiantar o corte do cordão por este motivo, mas segundo novas evidências não há essa necessidade.

 

  •  Não há risco para a mãe? 
    – Não há riscos nenhuns. Este procedimento pode eventualmente ser antecipado caso o bebé não nasça bem e precise de cuidados imediatos, sem possibilidade de estar ligado ao cordão.

 

  • O pai pode cortar o cordão?
    – Claro que sim, se assim for a sua vontade. É um momento único que gostam de recordar mais tarde.

 

  • E se for cesariana? 
    – Independentemente do tipo de parto é possível fazer este corte tardio do cordão.Tome nota:  pode e deve transmitir ao profissional esta sua preferência , apesar da maioria já ter em consideração a importância deste procedimento, a comunicação é importante! Somos uma equipa: mãe/pai/bebé e profisisonal, nunca se esqueçam 🙂

 

Vantagens para bebé:

  • Uma transição mais tranquila e progressiva para este novo mundo a nível físico e emocional

 

  • Mais susbtâncias naturais que vão ajudar na sua imunidade e saúde no futuro

 


Gostaram deste post?

Partilhem com os amigos e ajudem mais famílias a serem saudáveis

1 reply
  1. catia
    catia says:

    Onde se lê
    ” Quando o cordão parar de clampar sabemos que a transferência destas substâncias fantásticas está completa” , é provavelmente ‘parar de pulsar’ ?
    Pode apagar esta msg.
    Obrigada pelo que faz.

    Reply

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *