Começou a guerra com o biberão?

 

Então tem mesmo que ler o post de hoje!


 

Antes da guerra, vamos analisar algumas táticas de paz…
Primeiro que tudo devemos perceber se faz sentido introduzir o biberão ao nosso bebé.

 

⛔️ Big NO:

  • Para as mães que ainda não foram trabalhar e os seus babys são pequeninos (principalmente recém-nascidos):

– Devem ter alguma atenção em introduzir o biberão, pois a pega do bebé na tetina é diferente na mama, o que pode provocar alguma confusão.

– Lembrem-se que eles são pequeninos e ainda estão a aprender a mamar… Como na tetina é (beeeeem) mais fácil o leite sair e o bebé não tem que fazer esforço, isto leva a que eles tendencialmente prefiram a tetina.

 

Por isso… se tiver que suplementar (com o vosso leite ou outro) deverão usar a técnica do copinho ou usar um seringa (keep calm que não estou a falar em picar o bebé! abordarei esta técnica noutro post ?).

 

✅ She said YES:

  • Para as mamãs cujos bebés já são mais crescidos e vão iniciar actividade laboral ou precisam de se ausentar algum período de tempo e o bebé ainda mama. Nestes casos sim, o biberão ajuda muito a manter a amamentação sem ter que introduzir alimentos antes do tempo ideal.O que muitas vezes acontece nesta fase é uma resistência à tetina…

    Mãe então eu tenho uma maminha polivalente, dá-me comida, hidratação, carinho… e vocês agora querem que eu mame aqui neste plástico… what???

  • Então aqui podemos adoptar várias estrategias:

    – Novamente usar a técnica do copinho, que exige conhecimento e treino por parte do cuidador que ficará com o bebé na ausência da mãe. Assim como a técnica de desengasgamento, caso seja necessário  (por isso fazer curso de primeiros socorros  é um excelente investimento).- Oferecer o biberão numa altura em que a mãe não está presente, caso contrário o bebé irá preferir a maminha da mãe, claro!- Antes de sair, amamentar! Assim os pequeninos não ficam tanto tempo sem a sua maminha e as mães vão mais confortáveis ?

    – Não existe uma tetina milagrosa nestes casos… Vão experimentando até encontrarem a vencedora ?
    Há quem preferia usar aquelas semelhantes à mama e os babys recusam e querem mesmo é aquela que tem maior fluxo de saída… testem, mas não precisam de comprar o Stock inteiro de tetinas minhas queridas.

    – Podem também dar o biberão para o bebé brincar, sem ser apenas para o momento em que ingere o leitinho. Assim vai conhecer o que é e não estranhar.

     

     

Tome nota:

– Não façam disto uma guerra em que obrigam o bebé… vão testando com o pai ou avós, sem stress ou pressão!

 

– Cada criança é única e portanto as estratégias variam sempre conforme a sua disposição e vontade, lembrem-se disso! Adaptar a cada bebé , mãe e família. Melhor do que ninguém saberão as vossas estratégias ❤️

– Deixem sempre mais do que um volume de leite para quem ficar com o bebé oferecer, caso se atrasem ou para mais um snack.

– Não temos que dar o biberão só porque sim… Adaptem às necessidades da vossa família e bebé. Como viram o seu uso tem que ser bem focado, caso contrário podemos comprometer a amamentação.
E-q-u-i-l-i-b-r-i-o!

 


 

Como está a ser a vossa experiência? Que dicas  usaram?

Partilhem comigo e em caso de dúvidas já sabem ?

2 replies
  1. Patrícia Fernandes
    Patrícia Fernandes says:

    O meu bebé faz 3 meses na próxima semana e de momento enfrentamos uma “greve de mama”. Mama pouco de cada vez e recusa – empurra, morde, refila, choraminga… contra todas as opiniões de família e amigos não dou biberão, apesar de ele já ter bebido uma vez e ter aceitado muito bem! Estou a oferecer de 2h em 2h e a rezar para que seja uma fase e que passe depressa, até porque baixou o percentil dele 🙁 tudo para dizer que o biberão é muito útil para quando temos que nos ausentar ocasionalmente mas tenho a noção de que no meu caso com certeza comprometeria a amamentação se fosse usado várias vezes! Continuação do bom trabalho, adoro segui-la 😉

    Reply
    • Carmen Ferreira
      Carmen Ferreira says:

      Exactamente Patricia!
      Precisamente o que recomendo… depende de cada situação e de facto no seu caso não seria uma mais-valia!
      Deixo a sugestão de experimentar outras posições (mais verticiais), tente aumentar o fluxo de leite… E procure ajuda se necessário para adaptar estratégias agora nesta fase com o seu baby.

      Força nesta fase tão exigente! <3

      Reply

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *