Quando o bebé nasce tem ligado a si na zona do umbigo o cordão umbilical.
Este cordão que ligava a placenta ao bebé, alimentou-o durante a sua vida intra-uterina.
Após o parto, é cortado e clampado com uma mola.
Que cuidados deve ter com o coto umbilical?
A limpeza do coto umbilical é muito importante.

Apesar de o aspecto do coto umbilical não ser muito positivo, vai evoluindo de mais branco e viscoso para mais escuro e seco.

A limpeza pode ser feita com soro fisiológico (em algumas maternidades ainda preconizam o uso do álcool a 70º, porém o soro tem óptimos efeitos e é preferível para a pele circundante do bebé) , cerca de uma a três vezes ao dia.
DICA: E não se esqueça de limpar também a mola! 🙂

Esta limpeza dói ao bebé?
Os bebés choram durante este procedimento porque são reactivos ao frio, logo comunicam através do choro que não estão a achar muita piada.
Contudo, é um procedimento indolor!
Podem mexer à vontade, não devendo no entanto  traccionar muito ou puxar com muita força!

Quando cai o coto umbilical?
O coto umbilical irá mumificando ao longo do tempo.
A sua queda dá-se entre o 6º e o 15º dia.

O que fazer após a queda?
Após a queda deve continuar a limpar e não se assuste se sair um pouco de sangue , é normal!
Pois, aqui estavam as artérias e veia que ligavam a placenta da mãe ao bebé.

Contudo, não deve sair muito mais do que uns raios de sangue.
DICA: Faça sempre uma dobra na fralda para que o coto umbilical fique por cima e exposto. 

TOME NOTA: Não deve usar faixas na zona abdominal para pressionar o coto nem arrancar.

Estejam atentos aos sinais de alarme:
– Pele à volta vermelha
– Inchaço
– Saída de excusado com cheiro fétido

coto
Qualquer dúvida não hesitem em contactar e pedir observação do vosso profissional de saúde de referência!
0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *