A opção de usar bomba pode ser uma solução para as mães de forma a manter o aleitamento materno. O uso da bomba pode ajudar a manter a produção de leite, devido à sucção que estimula a hormona/nervo responsáveis pela produção de leite. Por isso, o seu uso em excesso pode provocar um ingurgitamento mamário (aumento excessivo produção de leite).

Toda a gente precisa de uma bomba?

Não. Existem mulheres que conseguem extrair leite manualmente, sem difilcudade e armazenam para oferecer mais tarde ao bebé. Para mulheres que precisem de aumentar ou manter a produção de leite o estímulo da bomba pode ajudar (mas lembrem-se que o estímulo do bebé é sempre o melhor!).

Quando se deve usar a bomba?

A bomba deve ser aplicada quando:

1- A mãe vai ficar ausente um período de tempo e precisa de oferecer leite materno ao bebé (por exemplo no regresso ao trabalho, em que extraí no local de trabalho ou em casa para alguém mais tarde dar ao bebé, mantendo assim o estímulo para a produção de leite);
2- Para adicionar leite materno  às receitas da criança, desta forma aumenta também o valor nutricional das mesmas e mais uma vez mantém o estímulo da produção de leite (em mães que façam exclusivamente a técnica de Baby Led Weaning, algumas receitas também podem ser adicionadas leite materno, por exemplo os gelados de leite materno);

3- Em casos de baixa produção de leite ou suplementação para o bebé (por exemplo quando o bebé necessita de ganhar peso ou se está internado, de forma a evitar oferecer o leite artificial).

 

Quando não usar a bomba?

Se a mama está (a ficar ou já está) ingurgitada, por exemplo na fase da subida de leite, não é recomendado usar bomba, uma vez que irá aumentar a produção de leite e assim criar um sobre-estímulo que prejudica a amamentação ao invés de ajudar. Nestes casos o melhor será a drenagem manual da mama para alívio (e se precisarem podem armazenar o leite à mesma).

Como escolher a bomba de extracção de leite?

Há que optar por uma bomba que seja confortável para a mulher e que se adapte à mesma.

Muitos critérios podem ser avaliados, desde o preço ao conforto e eficácia da bomba, por isso dicam aqui algumas vantagens e desvantagens relativas a cada tipo de bomba para que consigam escolher a bomba que se adapta a cada uma de vocês!

 

Vantagens da bomba eléctrica Desvantagens da bomba eléctrica
Menos fadiga da mulher durante a extracção  É mais dispendiosa
Duração da extracção de leite menor Está dependente do uso de energia (corrente ou pilhas)
Em geral, o vácuo é regulável (diminuindo o desconforto da mulher) Podem ocorrer lesões no mamilo por vácuo prolongado
Bombas eléctricas mais recentes apresentam um ciclo automático que é semelhante ao da lactação do bebé, fazendo com que seja mais fácil e rápida a extracção.
Podem ser alugadas

 

Opções com extracção dupla (para quem tem gémeos ou precisa de extrair maior fluxo de leite)

 

 

 

Vantagens da bomba manual

Desvantagens da bomba manual

Menos dispendiosas Níveis de sucção inconsitentes ou inadequados
Portátil, não dependente de energia eléctrica ou pilhas A maior parte não tem extracção dupla (para gémeos)
Algumas podem ser adaptadas para uma extensão eléctrica Fadiga do utilizador

 

Espero que estas dicas sejam uma mais-valia no momento de seleccionar a bomba. Lembrem-se que não é obrigatório usar a bomba (a drenagem manual é uma opção válida também) e acima de tudo devem saber quando usar! 😉

Mais dicas a caminho!

Um post exclusivo para a plataforma @bebitusportugal onde podem encontrar bombas e muito mais para vocês e o vosso bebé.

Vejam mais no site: http://bebitus.pt/389-hora-de-comer/categorias-tira_leite#/categorias-tira_leite

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *