O iogurte é um excelente snack para bebés e pode ser uma base óptima para misturar purés ou compotas saudáveis, adicionando um valor nutricional a este simples e prático snack. Os iogurtes podem ser introduzidos na dieta do bebé pelos 8 e os 10 meses, sendo que favorecem a flora intestinal.

TOME NOTA: Os queijos e sobremesas lácteas (gelados incluídos só deverão ser introduzidos após 2 anos, em ocasiões pontuais).

Existem imensas opções no mercado e nunca sabemos qual a melhor… Primeiro há que perceber que o bebé também terá as suas preferências e vamos começar a descobri-las!

Na escolha do iogurte deve ter em conta:

  • Deve ter aroma natural, ou seja, sem adição de açucares ou corantes;

    Sugestão
    : Para adoçar o iogurte pode colocar puré de fruta por cima.
    DICA:
    Tudo o que tenha sabor ou pedaços é sinónimo de açucares e produtos artificiais.
  • Pode ser de origem vegetal (de soja ou de cocô) ou de origem animal (cabra, ovelha ou vaca);DICA: se introduzir os de soja, faça-o mais próximo dos 10 meses. Os iogurtes de cabra/ovelha são melhor tolerados pelo nosso organismo, mas também é possível oferecer de vaca, caso o bebé não seja intolerante/alérgico;
  • Prefira iogurtes sólidos aos líquidos (uma vez que são menos processados e em formato líquido não existe natural);
  • Não opte por produtos que sejam “light”/ “com menos gordura”, pois quanto mais gordo for o iogurte menos processado será, logo opção mais saudável! A gordura presnete no iogurte (por exemplo no iogurte grego) é uma gordura “boa” que ajuda na multiplicação e crescimento de novas células do organsimo dos pequeninos;
  • Opte por opções biológicas, sempre que possível!Sabia que: Na grande maioria os iogurtes específicos para crianças têm maior concentração de açúcares e corantes?

    Deixo-vos algumas suguestões que podem encontrar no mercado biológico Amor Bio:

    (Canto superior: iogurte natural de cabra; Canto inferior: iogurte de cocô)

    Bons petiscos! 😉

    *Um artigo exclusivo Barrigas de Amor®

 

 

 

 

8 replies
  1. Sofia Cruz
    Sofia Cruz says:

    Bom dia enfermeira.
    A minha bebe tem 6meses e meio. Está a lm em LD mas vai começar a creche na segunda.
    A pediatra aconselhou para o lanche iogurte com fruta .
    Que me diz?
    Obrigada ?

    Reply
    • Carmen Ferreira
      Carmen Ferreira says:

      OLá Sofia! O seu bebé só está a fazer maminha? Ou já iniciou outros alimentos?
      Se já iniciou outros alimentos, o iogurte é um optimo snack! A fruta pode juntar em simultâneo em tiras comc erca de 5cm (se pretender faze rBaby Led Weaning) ou em forma de puré misturado com o iogurte 😉

      Reply
      • Cecília
        Cecília says:

        Fiquei com uma dúvida. Refere no artigo que a introdução dos iogurtes deve ser feita aos 8/10 meses, mas qual é a melhor opção aos 6 meses? A pediatra falou em iogurtes com leite de transição, mas será que não existe uma opção menos processada? Obrigada!

        Reply
        • Carmen Ferreira
          Carmen Ferreira says:

          Olá Cecília! Se quiser optar por oferecer aos 6 os critérios de selecção são os mesmos.
          Os iogurtes de transição apresentam muitos açúcares e gorduras hidrogenadas… nada benéficos para os nossos bebés! 😉

          Reply
  2. Suse Almeida
    Suse Almeida says:

    Boa tarde! Artigo fantástico, parabéns!
    Onde posso encontrar os iogurtes da foto? Desde já obrigada!

    Reply
    • Carmen Ferreira
      Carmen Ferreira says:

      Olá Suse! Obrigado 🙂
      Encontra facilmente em diatéticas e supermercados biológicos.
      Também já tem à disposição, em alguns hipermercados, iogurtes de cabra biológicos e naturais! 🙂

      Reply
  3. Carla lopes
    Carla lopes says:

    Olá Carmen! A minha bebé tem quase 14 meses, só aos 12 teve indicação da gastro para iniciar gradualmente os iogurtes de origem animal por ter tido sintomas de APLV até aos 6 meses enquanto foi montada em exclusivo. Felizmente com o início da Ac melhorou consideravelmente e nunca mais teve sangue e muco nas fezes. Cá em casa somos muito rigorosos na alimentação, tentamos ao máximo que tudo seja “home made” e não Praticamente não consumimos alimentos processados. Não ingerimos açucar adicionado. Fazemos blw ?. Coloco duas questões/ dúvidas. Para o colégio sempre lhe mandei o lanche caseiro, mas agora no dia do iogurte já come os da escola, um dia come iogurte de aroma e noutro o iogurte líquido. Nos dias de leite (de vaca) eu mando (por ex. Fruta com aveia….. Etc.), não gosto muito da ideia dela comer estes iogurtes……. Só que ela vê os outros bebés e manifesta-se para comer também….. A minha questão é se não haverá problema de ser iogurte ligeiro e sólido de aroma uma vez que é apenas uma vez por semana cada um e em casa não consome mesmo. A minha outra questão é, o que poderei enviar nos dias de leite ( não bebe também “leite” vegetal porque ainda é amamentada e o meu leite para além de eu já nem sempre conseguir extrair ela sempre se recusou a beber sem ser pela mama) , visto ela por vezes já não querer o que lhe mando (percebe que os outros não comem/bebem igual). Muito obrigada pela sua ajuda e desculpe o testamento……. ?

    Reply
    • Carmen Ferreira
      Carmen Ferreira says:

      Olá Carla! Estou muito contente por fazerem tantas opções saudáveis ☺️
      Pode enviar nos dias de leite uma bebida vegetal (a que ela gostar mais) e o iogurte veja como ela se sente (caso não note sintomas pode oferecer 1x/ semana , se notar algum desconforto leve uma opção de origem vegetal também). Veja como ela reage e adapte, mas o melhor será mesmo minimizar a exposição para diminuir sintomas. Tudo a correr bem! Espero ter ajudado ❤️?

      Reply

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *