Pois tenho a dizer-vos que não é fácil! Exige preparação e muita capacidade de improviso e acima de tudo saber fazer escolhas saudáveis.
Este post é dedicado a todas as pessoas que me perguntam “como consegues ser saudável a trabalhar com este ritmo?”
É possível! Sabem como?

1- Planear antecipadamente:
Sempre que possível tento levar comida e organizar a minha marmita no dia anterior [Marmita 4EVER!].

2- Ter sempre no local de trabalho snacks saudáveis:
Tenho sempre guardados ou na lancheira amêndoas/fruta/iogurte natural/cenouras/ovos cozidos/bolachas de aveia (…), assim quando me apetece algo extra do que levei de casa tenho uma alternativa sempre saudável à mão!

3- Incentivar a equipa a comer de forma saudável:
Tenho a dizer-vos que não é fácil!
Primeiro és a pessoa que come de forma esquisita… depois pensam que estás de dieta e convencem-te que “não precisa nada enfermeira, está óptima! Coma este bolinho”.
Mas acabam por aceitar e por participar com snacks saudáveis e partilha de receitas [OH YEAH!].

4- Pequeno-almoço reforçado:
Nunca sei quando poderei ter a próxima pausa ou se vou precisar de ir para o bloco (onde as pausas são quando os bebés querem 😉 )… E muitas vezes tomo um pequeno-almoço tão completo que só tenho fome à hora do almoço.
Desde ovos mexidos até papas de aveia! É preciso variar e ser prático.

O meu truque: Juntar gordura vegetal de boa qualidade para me manter saciada mais tempo (abacate, óleo de coco, frutos secos…).

5- Amor:
Sim, porque só consigo preparar refeições para que o meu corpo se sinta bem e com energia ao longo do dia, porque tenho amor-próprio!
Enquanto cuido de outras famílias, tenho que cuidar de mim primeiro, senão não darei o meu melhor a nível físico, psiquíco e emocional.
Comer bem é mais do que um número da balança, para mim é gostar de mim e valorizar o meu único meio de trabalho: o meu corpo e a minha mente!

6- Libertar -me da perfeição:
Existem dias que não consigo fazer isto tudo tão bem… Há dias que o meu corpo me pede mais comida, outros nem por isso! Há dias em que me comeram os snacks [e agora?!]… Há dias que as hormonas não facilitam a vida…
Todos os dias aprendo a improvisar e a não ser tão exigente comigo. Afinal não estou numa competição, não sou um atleta… O exercício diário é fazer o melhor que posso e consigo. Amanhã é outro dia e será uma nova oportunidade de repôr nutrientes! 😉
Equilibrio, sempre!

7- Perguntas frequentes (aquelas que todos pensam e outros dizem):

– Bebe leite?
Não bebo leite de vaca há quase 10 anos! Como poucos lacticíneos mas abro excepção para o queijo cottage e kefir de cabra (e em ocasiões especiais um bom queijo da serra!)

– Bebe café?
Sim, bebo café! Sou humana e tenho os meus requisitos para ser feliz [I´m a coffe lover]

– Nunca vemos a comer carne, porquê?
Como raramente carne, mas abro excepções para o biológico e que foi criado ao ar livre!

– É vegetariana?
Não sou paleo, não sou vegetariana, não sou macrobiótica, não sou vegan (tem dias que sou!). Não gosto de rótulos , gosto de (boa) comida! Junto os princípios de todas e adapto ao que o meu corpo gosta e pede/precisa naquele dia [às vezes também precisa de um cheesecake!].
A minha regra é escolher alimentos reais, da natureza – o menos processado possível, com menos farinhas brancas e menos gordura hidrogenada! Por isso, adapto receitas para comer um cheesecake saudável se me aptecer.

– Qual é o truque para tornar os pratos mais saudáveis?
Verde tem que estar sempre presente, quer seja uma sopa ou salada ou uns legumes assados/salteados/a vapor.

Quando não há mais nada no bar para comer… Quando há uma catastrofe e só o McDonalds está aberto…O que come a Enfermeira Carmen?
Sushi é sempre o meu plano B em SOS.
Se não estiver disponível sou menina parar comer uma salada no McDonalds [Ahahah].

– Segue uma dieta rígida? Controla as calorias?
Não conto calorias! Sou tudo menos rígida com essas contagens… Não olho para os alimentos por terem 1000kcal ou 1kcal, porque opto sempre pelo valor nutricional do alimento (as suas vitaminas, fibras, etc).

– O que é indispensável ter durante um turno ou num dia de consultas?
M
uuuuita água (muita mesmo!) e toda a gente já conhece a minha garrafa de vidro.

Procurem sempre um bom profissional de saúde para vos acompanhar e adaptar um plano alimentar à vossa filosofia de vida, ritmo e preferências… Só assim teremos saúde e qualidade de vida!

Vejam o que come um enfermeiro diariamente na conta do instagram @bebe.saudavel!
Estou à vossa espera 🙂