“Brrrrrrrrrrrrrr…. Olha o aviãozinho…!! “ – e mais uma colherada!

Pois é esta técnica do baby led weaning não tem que inventar aviões ou histórias para o bebé abrir a boca e aceitar a colher.
Aqui quem manda e explora é o bebé, nós somente fornecemos de forma saudável e equilibrada alimentos para que o bebé tenha o controlo de quanto quer comer.
Na primeira vez que tentam, percebem que muito pouco ou quase nada é ingerido pelo bebé. Porém, é para isso que a maminha ainda continua a existir!!!

Então isto do baby led weaning afinal é o quê?
É uma forma de oferecer os alimentos aos vossos bebés de forma a que eles explorem e desenvolvam o gosto pela alimentação saudável e equilibrada.

E se o bebé se engasgar?
Às vezes parece que puxam o vómito, quando tocam com o alimento na parte posterior da boca, mas é normal. Só temos que estar atentos e supervisionar… E claro está saber fazer a manobra de desengasgamento!

Mas quais serão os alimentos melhores e mais seguros para começar?

1- Cenoura cozida (a vapor): descascar a cenoura e cozer a vapor – sem sal, até ficarem mais moles. Pode adicionar azeite extra virgem de baixa acidez (0,2%). Oferecer tiras do tamanho de um dedo e deixar o bebé colocar na boca e explorar.

2- Bróculo cozido (a vapor): o mesmo procedimento que a cenoura.
Eles adoram brincar com o bróculo… é divertido e sujo 🙂

3- Abacate: Este alimento é tão completo para os bebés… e óptimo para colocar em prática o baby led weaning.
A gordura boa do abacate é óptima para o desenvolvimento do cérebro da criança e tem imensa fibra que ajuda o trânsito intestinal.

4- Massa de courgete (cozida a vapor): Utilizar um utensilio próprio para fazer a massa de courgete (spirulizer – à venda em lojas de utensílios para casas ou na internet); Cozer a vapor adicionar azeite extra virgem… e deixar explorar!

5- O seu jantar: Sim! Mais à frente pode ser uma óptima opção. O que é fantástico no baby led weaning é a sua simplicidade, logo menos uma tarefa para os pais parece-me muito bem!
Pode oferecer uma porção do seu prato ao bebé… é claro que deve ter atenção ao que está no seu prato! Se forem fritos ou alimentos com muito sal, pré-cozinhados ou fast food … é melhor comer a comida do seu filho!

6- Melão: esta fruta é óptima porque, quando fresca, até ajuda o bebé na fase dos primeiros dentes. Sendo uma fruta doce e cujo formato é fácil para o bebé agarrar (depois de partido), o melão torna-se uma opção excelente!

Bom apetite!

Vejam mais receitas na página do facebook: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.479080945613151.1073741829.465856963602216&type=3

4 replies
  1. Maria João Caldeira
    Maria João Caldeira says:

    Olá. Bom dia. Antes de mais parabéns pelo blog fantástico. É super prático e de grande ajuda. Ora bem eu sou uma mãe babada de uma menina de 27 meses e um bebé de 8 meses. 😀 😀 Ambos foram amamentados até 6 meses e 6 meses e meio. No caso da mais velha amamentei até aos 10 meses e quanto ao bebé ainda continuo a amamentar e espero que continue. Mas gostaria de pedir a sua opinião, tenho lido imensa coisa sobre alimentação, isto porque a minha filha mais velha é super esquisita não gosta de nada só da sopa adora sopa e por isso continuo a colocar peixe e carne na sopa. Mas gostava de estimular desde já o interesse do mais novo pelos alimentos e também da irmã que dicas poderia dar-me? 🙂 Obrigada

    Reply
    • Carmen Ferreira
      Carmen Ferreira says:

      Olá Maria João! O BLW ajuda nesse sentido… as crianças podem adorar desde o doce da banana ao sabor peculiar do pepino!
      Havendo esta estimulação táctil e visual das crianças, o mais precose possível, vai ajudar a fomentar o seu interesse na comida e evita aversões a certos alimentos.

      Outra dica é: se as crianças virem os pais a comer de forma saudável todos os alimentos, evitam-se as guerras dos “bróculos ou das ervilhas”.
      É claro que é válido que se a criança não gostar de um alimento de todo não vale a pena insistir! Existem alimentos que cada um de nós não gosta e há que respeitar.

      Faça as refeições em família e reservem esse momento de descontracção para estarem simplesmente presentes naquele momento! Sem telemóveis, televisão, Ipad´s… Assim a atenção da criança irá ser maior na comida!

      Espero ter ajudado! 😉

      Reply
  2. Sónia Roquete
    Sónia Roquete says:

    Olá! Parabéns por este excelente blog, tem sido uma grande ajuda nesta aventura de ser mãe! Tenho uma bebé de quase 6 meses que está agora a começar a comer sopa. Gostaria de saber a partir de que idade posso introduzir o baby led weaning, será que nesta fase em que está a iniciar a descoberta da comida em vez de oferecer a refeição de sopa posso experimentar dar um legume inteiro, por ex. a cenoura cozida a vapor? A pediatra foi muito restrita no tipo de legumes que devo utilizar na sopa e a introdução de um novo alimento deve ter o intervalo de uma semana aproximadamente, há na sua opinião algum problema em oferecer abacate ou courgette por ex. nesta idade? obrigada

    Reply
    • Carmen Ferreira
      Carmen Ferreira says:

      Olá Sónia! Muito obrigado 🙂

      Nesta fase dos 6 meses é a altura ideal para deixar o seu bebé explorar os alimentos. Pode manter a sopa, de acordo com as indicações da pediatra, e oferecer um legume ou fruta através do método Baby Led Weaning.
      Pode oferecer a cenoura ligeiramente cozida, o abacate e a courgete, são óptimos alimentos, com baixo grau de alergias e com os quais consegue fazer BLW 😉
      Tudo a correr bem!

      Reply

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *